quarta-feira, 1 de junho de 2016

Justiça Eleitoral anula PROS das eleições municipais

Falta de CNPJ em comissões provisórias tirou o PROS das eleições municipais em praticamente todo o Piauí. A falha foi constatada pela Justiça Eleitoral na maioria das comissões provisórias organizadas no Estado, incluindo a capital. Segundo Romildo Mafra, membro da direção estadual,  em Teresina o partido está impedido de lançar candidatos e formalizar coligações. Na prática, o emergente PROS, que abriga o primeiro suplente do senador Elmano
Férrer (PTB), Amauri Araújo, sofreu um duro golpe em suas pretensões eleitorais.

Fonte: Tempo Real

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

DESTAQUE

Mensagem da prefeita Thalita Dias e da secretária de educação Rosária Dias aos professores aguadocenses

Neste dia 15 de outubro, mais uma vez, somos chamados à refletir sobre o que é ser professor hoje: tempos  de profundas transformações, de...