terça-feira, 14 de julho de 2015

Médicos matavam os pacientes pobres e vendiam os órgãos para os pacientes ricos....e protestavam contra o programa mais médicos"



Os médicos Celso Roberto Scafi, Cláudio Rogério e Jeferson Skulski foram presos em Poços de Caldas, acusados de participar de uma quadrilha de tráfico de órgãos, chamada de 'Máfia dos Órgãos', que agia no Sul de Minas Gerais.
Os profissionais Celso Roberto Frasson Scafi e Cláudio Rogério Carneiro Fernandes receberam as sentenças junto com os outros dois médicos, João Alberto Góes Brandão e Alexandre Crispino Zincone. Eles receberam penas que variam de oito a 11 anos e seis meses de prisão em regime fechado por homicídio doloso, compra e venda de órgãos humanos, violação de cadáver e realização de transplante irregular.

Fonte Heloisa Curado
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

DESTAQUE

Mensagem da prefeita Thalita Dias e da secretária de educação Rosária Dias aos professores aguadocenses

Neste dia 15 de outubro, mais uma vez, somos chamados à refletir sobre o que é ser professor hoje: tempos  de profundas transformações, de...