segunda-feira, 16 de setembro de 2013

No Piauí mulher reage a assalto e mata ladrão durante perseguição


Do 180 graus
busca2.jpg

Imagem: 180 graus
Uma mulher reagiu e atropelou um homem que teria lhe roubado uma bolsa na manhã desta segunda-feira (16/09). Ela perseguiu o acusado e passou por cima dele com seu carro, o arrastando dentro de um matagal. O acusado morreu na hora.
A acusada de perseguir e atropelar o ladrão estava muito alterada, com raiva e disse que fez tudo isso sem pensar. Ela foi levada do local por sua mãe, que teria chegado logo em seguida ao acontecido. A polícia ainda não tem a identificação dos envolvidos.
O assalto aconteceu no bairro Morada do Sol, e teve fim nas proximidades da UniNovafapi. Francisca Sousa, dona de casa, disse que viu os dois veículos em alta velocidade, passando pela frente da sua casa. "Meu filho, eles passaram parecendo uma bala por aqui, depois eu fiquei só sabendo dessa tragédia", disse Francisca.
DSCF8505.JPG

A  mulher ainda não foi identificada. O acusado foi identificado como Rafael de Sousa. Estavam presentes no local do crime, os policiais do 1º BPM, do RONE e agentes da Ciptran. Segundo uma fonte do 180graus, a mulher trata-se de uma jovem professora de reforço escolar para alunos de ensino médio. Ela admitiu, em depoimento, que "criou coragem" para perseguir o bandido por um momento de fúria e pelo clima de impunidade, sem segurança. "Só parei quando passei por cima dele e saí arrastando. Não sei o que deu em mim", teria dito. O nome dela não vai ser revelado para evitar possíveis retaliações.
busca2.jpg
O veículo parou a mais de 20 metros da moto do acusado. Segundo populares, eles vinham em alta velocidade, quando o homem pulou da moto e para continuar a fuga pelo matagal. Ele só não esperava que a mulher fosse continuar a perseguição. A jovem atravessou um pequeno muro, que limitava a pista, e arrastou o suposto ladrão até a morte.
open.jpg

Em uma reportagem exibida pela Antena10, o Tenente Coronel da PM-PI, Alberto Menezes, contou que no momento da perseguição, o assaltante se deparou com uma curva, na qual ele, supostamente, teria perdido o controle e se chocado contra o meio fio. A mulher, em alta velocidade, não conseguiu frear e o atropelou, arrastando-o por metros, até o carro parar totalmente, levando o homem mesmo a óbito.

O acusado teria pulado da moto para fugir pelo matagal, vendo a insistência da mulher. O veículo do acusado continua no local, aguardando a perícia.
DSCF8493.JPG

Não se deve incentivar a justiça com as próprias mãos, mas populares e internautas, estão dizendo que a mulher deveria ser chamada de heroína, por ter cometido tal crime.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

DESTAQUE

Prefeita Thalita Dias esteve ontem no povoado Curva Grande com o Gabinete Itinerante.

A prefeita Thalita Dias esteve na manhã de ontem (15), com o Gabinete Itinerante no povoado de Curva grande, na oportunidade foi oferec...