João Victor, o cara mais romântico de Parnaíba.


Mas quem é Andressa? de acordo com informações, a tal Andressa é a namorada de João Victor, e os dois brigaram feio. Em vários locais é possível ver as declarações de amor, o cara é bem esforçado, é não deixou esse amor entre os dois pombinhos acabar.
Torcemos para que tudo dê certo entre os dois

BOMBA ! Um lote com 2000 vacinas foram estragadas por irresponsabilidade da gestão em saúde do prefeito Rocha Filho.

Segundo informações  de alguns funcionários da saúde do município de Água Doce,um lote de 2000 mil vacinas enviado pelo Governo do Estado para a Prefeitura de Água Doce estragou depois de ter sido mal armazenado, o material estava no Hospital  do município.
A notícia tem deixado a população aguadocense apreensiva, com medo de que alguém sejam medicados com o produto.
Porque todos tem acompanhado e sofrido na pele o descanso e a falta de compromisso do prefeito Rocha Filho para com os munícipes , em todas as esferas do município como a saúde,educação,obras,infra estrutura e assistência social.

Os munícipes aguadocenses clamam por respeito de sua parte senhor prefeito, que diga-se de passagem durante sua gestão nunca ouve.

( Informações de funcionários que não se identificaram com medo de represálias )



Resultado de imagem para vacinas vencidas
Imagem ilustrativa 

Bandidos estouram caixa eletrônico do Banco do Brasil da Rodoviária de Parnaíba


Caixa eletrônico do Banco do Brasil em Parnaíba foi estourado por explosivos durante a madrugada no terminal rodoviário de Parnaíba. As primeiras informações dão conta de que um grupo formado por 6 (seis) elementos ou mais, invadiram o local em seguida explodiram os caixas. 
Em instantes mais informações e imagens.

FONTE: BLOG DO PESSOA

Convênio entre Sinfra e Seduc permitirá construção de 56 quadras em escolas da rede estadual de ensino. Araioses e Tutoia serão beneficiadas

Os secretários estaduais de Infraestrutura, Clayton Noleto, e de Educação, Felipe Camarão, assinaram, na tarde desta sexta-feira (2), 56 ordens de serviço para a construção de quadras nas escolas estaduais do Maranhão. Com investimentos da ordem de R$ 30 milhões, este é mais um passo do Governo do Estado para melhorar a qualidade da educação, favorecendo o esporte no ensino regular de milhares de estudantes.


Esta ação se soma a outras obras na área educacional, como a reforma de escolas por meio do programa ‘Escola Digna’, que tem objetivo de oferecer um ensino digno e de qualidade aos alunos do Maranhão. Estas 56 intervenções serão dívidas em três tipos: construção de quadras grandes com cobertura, construção de quadras pequenas com cobertura e construção de quadra com vestiário, melhorando o equipamento público da área da educação. “Nós sabemos que os estudantes dão muito valor a esses equipamentos. Nas escolas que reconstruímos diagnosticamos isso, todos pedindo que fossem construídas quadras cobertas para as práticas esportivas além de ser um espaço de integração para a nossa juventude”, explicou o secretário Clayton Noleto.

Os recursos para execução da obra são provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e as obras serão realizadas através da Sinfra, em parceria com a Seduc. “Na educação eu posso dizer que essa é uma parceria que já nasceu dando certo, continua dando certo, rende bons frutos. Agora mesmo até o mês de fevereiro nós iremos entregar inúmeras escolas tanto da rede regular quanto escolas dignas e agora essas quadras. Enfim, é uma parceria que favorece as comunidades escolares e a população do Maranhão”, disse o secretário Felipe Camarão.

Ao total serão 60 quadras: 56 novas e mais quatro que já estão em construção em Caxias, Viana, Timon e Estreito. As escolas cujas quadras estão em construção são: C.E João Pereira Martins Neto em Estreito; C.E. Dom Hamleto de Ângelis em Viana; U.E. Vespasiano Ramos em Caxias e C.E. Senador ClodmirMillet em Timon.

As 56 Escolas que serão construídas em 26 Municípios:

Município Quant. De Quadras

01 Afonso Cunha 01

02 Anajatuba         01

03 Apicum-Açum 01

04 Araioses         01

05 Arari                 01

06 Bacabal         04

07 Barra do Corda 01

08 Caxias         01

09 Chapadinha 01

10 Codó                 01

11 Coelho Neto 01

12 Coroatá         01

13 Dom Pedro         01

14 Gov.Eugênio Barros 01

15 Gov.Edison Lobão    01

16 Grajaú         01

17 Imperatriz         01

18 Mata Roma         01

19 Matões do Norte 01

20 Mirador         01

21 Paço do Lumiar 07

22 Santa Inês         02

23 Santa Rita         01

24 São Benedito do Rio Preto 02

25 São João do Paraíso 01

26 São Luís       18

27 Timon       01

28 Tutóia       01


Fonte: Sinfra

Thalita Dias participou de um encontro com os prefeitos Fransquim Tavares e Dr. Cristino para discutir assuntos que prioriza a questão ambiental da nascente do rio Magú.

Na manha do ultimo domingo 04 de Dezembro a prefeita eleita de  Água Doce Thalita Dias participou de um encontro com os prefeitos eleitos de Santana Fransquim Tavares  e de Araioses Dr. Cristino,os três  estiveram na nascente do rio magu e constataram a alarmante situação deste precioso rio - ( Magú)
Dr. Cristino prefeito eleito de Araioses, Thalita Dias prefeita eleita de Água Doce  e Tavares prefeito eleito de Santana 

O encontro foi planejado pelas ONGs Onarma e  Clube amigos do rio Magu, em seguida houve uma reunião no povoado São João, onde foi traçado metas para revitalização do rio, que banha os três municípios, onde os prefeitos eleitos se comprometeram ajudar no que for possível.
No rio Magu a degradação apresentada é preocupante, pois apesar de ser um desrespeito as leis ambientais é também uma falta de compromisso para com a preservação desse patrimônio, pois a vegetação no entorno da nascente e da mata ciliar  encontra-se antrópizada ( Processo de modificação do meio natural pelo homem), devido à apropriação inadequada do homem nos locais impróprios da nascente e todo o curso do rio Magu , deixando sinais devastadores e fragilizando o ecossistema existente.

A degradação apresentada no Rio Magu além de ser intensa é assustadora, por que várias são as formas que o homem utiliza para a apropriação do espaço como sendo individual sem nenhuma preocupação com a preservação e o equilíbrio do ambiente do manancial, simplesmente utilizam o recurso para satisfazer os projetos de consumo, sem se preocupar com a sustentabilidade.
Portanto, nota-se o quanto o rio Magu encontra-se no processo acelerado de degradação, ocasionado pela a ação do homem, e cada vez intensificam as ações irracionais, como por exemplo, buscando forma de conduzir a água do leito para formar fontes para pratica do turismo, sem planejamento.





Thalita Dias Dr. Cristino e Robson Medeiros